Chegamos ao final de 2018, o período mais esperado pelo varejo, seja pelas tradicionais decorações que deixam nossas lojas mais bonitas, mas também por ser um período de grandes expectativas de vendas. Saímos de um ano de recuperação, em que muitos empresários ainda vinham de grandes perdas devido à crise econômica que repercutiu fortemente no nosso Estado. Mas, ao longo de 2018, conseguimos superar e nos fortalecer, olhando para um 2019 de novas oportunidades.

 

Nessa edição, vamos comemorar as conquistas da entidade, destacando parcerias com as CDL’s de Floriano e Pedro II, apresentação de novos produtos aos associados e o crescimento da nossa Certificação Digital, além da conclusão de mais uma edição da maior campanha de vendas do varejo, a Liquida Teresina.

 

A revista “O Lojista” também vem apresentar novas soluções e inovações para o crescimento de vendas e como muitos lojistas se reinventam para conquistar mais clientes, como o caso da empresária Aninha que, ainda no mês de fevereiro, já inicia suas compras e planejamento para o Natal, além de buscar em feiras novidades para seus consumidores.

 

No trimestre a entidade também contou com a visita do gerente nacional de negócios do Sistema de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), Ronaldo Guimarães, e com a nossa visita ao empresário e amigo João Claudino Fernandes, um grande incentivador da classe e do comércio do Piauí.

 

Para o ano de 2019, nossa expectativa é que seja um ano de acontecimentos marcantes nos cenários econômico, político e social. No cenário político local e nacional, esperamos que o governo atue mais firmemente no combate à inflação e que consiga reduzir os gastos públicos, fazendo mais e prometendo menos, investindo nos setores que necessitam mais atenção para que o crescimento do PIB do Brasil possa finalmente alcançar o nível de um país que deseja melhores resultados em sua economia e que possa proporcionar mais qualidade de vida à população.

 

Para o varejo, esperamos um modelo de consumo e a preservação da renda, acompanhada de baixo nível de desemprego. Mas é preciso trabalhar muito para que os juros baixem, a carga tributária diminua e que o crédito seja facilitado para os empresários, principalmente os de micro e pequeno porte, a fim de que possamos visualizar um autêntico, próspero e feliz 2019.

Evandro Cosme,
Presidente da CDL de Teresina