Chegamos ao final de 2020, o período mais esperado pelo varejo, seja pelas tradicionais decorações que deixam nossas lojas mais bonitas, mas também por ser um período de grandes expectativas de vendas. Saímos de um ano difícil, em que muitos empresários ainda vinham de grandes perdas devido à crise econômica que repercutiu fortemente no nosso Estado devido ao COVID-19, e que ainda estamos bravamente enfrentando.

Para o ano de 2021, nossa expectativa é que seja um ano de acontecimentos marcantes nos cenários econômico, político e social. No cenário político local e nacional, esperamos que o governo atue mais firmemente no combate à inflação e que consiga reduzir os gastos públicos, fazendo mais e prometendo menos, investindo nos setores que necessitam mais atenção para que o crescimento do PIB do Brasil possa finalmente alcançar o nível de um país que deseja melhores resultados em sua economia e que possa proporcionar mais qualidade de vida à população.

Para o varejo, esperamos um modelo de consumo e a preservação da renda, acompanhada de baixo nível de desemprego. Mas é preciso trabalhar muito para que os juros baixem, a carga tributária diminua e que o crédito seja facilitado para os empresários, principalmente os de micro e pequeno porte, a fim de que possamos visualizar um autêntico, próspero e feliz 2021.

Evandro Cosme,
Presidente da CDL de Teresina