Fruto do idealismo de empresários locais, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Teresina representa a classe empresarial há 45 anos, sendo reconhecida pelos incentivos e atividades de relevância para o varejo piauiense. Além de apoio as causas lojistas, a entidade também é responsável pela dinamização de vendas através do maior banco de dados da América Latina, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

O SPC é o sistema de informações creditícias sobre pessoas físicas e pessoas jurídicas, auxiliando na tomada de decisões para concessão de crédito pelas empresas em todo país. A capilaridade alcançada pelo SPC é a mais representativa do setor, reunindo informações do comércio nacional, desde os pequenos lojistas até os grandes magazines, indústrias, serviços e mercado financeiro.

Em 1976, a entidade começa a dar passos largos e realiza a aquisição da primeira central telefônica e a busca por sua sede própria. Firmada como porta-voz e principal representante do setor, a CDL começou a realizar reuniões todas as sextas-feiras com associados e autoridades locais, aumentando as conquistas e incentivando a criação de entidades lojistas por todo o Estado, apoiando em 1984, o surgimento da Federação da Câmara de Dirigentes Lojistas (FCDL), que atualmente é umas das mais bem conceituadas do Norte e Nordeste.

A partir daí a entidade não parou de crescer, ficando pequena para os sonhos dos lojistas teresinenses. Unidos pela busca constante do fortalecimento do comércio, em 1987 os associados dão novos passos para a realização de mais um sonho, a construção da sede própria.

A entidade que estava com um caixa um tanto baixo, contou com a ajuda dos lojistas que emprestaram a custo zero o dinheiro necessário para a construção do prédio localizado na Rua Desembargador Freitas, no centro de Teresina. O novo prédio exigiu um trabalho dinâmico e inovador, sendo necessário novos investimentos para a revitalização dos serviços e informatização do Serviço de Proteção ao Crédito.

Mas, o prédio começou a ficar pequeno para os novos projetos e principalmente para o aumento significativo no número de novos associados e em 1997, começam a surgir sonhos ainda maiores, a construção de uma sede mais ampla e moderna.

Em 1998 o sonho começa a ser realizado e a sede da entidade lojista ganha um projeto inovador com uma concepção arquitetônica surpreendente. Possuindo a fachada antiga preservada, ergue-se um belíssimo prédio, concebido dentro dos mais modernos padrões estéticos e funcionais, mostrando a força dos seus associados.

Mas, as inovações também foram ampliadas aos serviços oferecidos pela CDL de Teresina e o SPC ganham maior impulso, sendo observado um crescimento veloz no número de informações, o que ajudou significativamente a melhorar o financeiro da entidade.

Outro grande passo para o fortalecimento do movimento lojista foi à realização da primeira Convenção Lojista do Piauí, concretizada pela FCDL em parceria com a CDL de Teresina, que reuniu associados, autoridades e lojistas de todo o Estado. O evento que hoje faz parte do calendário da cidade, é reconhecido por apresentar grandes oportunidades para o setor, sendo consagrado como o maior encontro empresarial.

A entidade ainda vem desenvolvendo projetos que únicos, como a criação de um Museu Histórico Lojista do Piauí, um livro que irá contar a história do comércio piauiense e um auditório com mais de 350 lugares, que ficará instalado na sede da entidade, garantindo aos seus associados mais comodidade e melhores condições para os lojistas realizarem atividades junto aos seus colaboradores.

A CDL de Teresina cresceu e hoje está pronta para oferecer sempre os melhores serviços.